Cinema e TVDestaquesDragon BallFusãoListasNotíciaOtaku

Dragon Ball: saiba tudo sobre os tipos de fusões da franquia


Um dos aspectos mais famosos e conhecidos da franquia Dragon Ball são as suas fusões. Normalmente, elas resultam no surgimento de um guerreiro mais poderoso e são usadas como recurso para derrotar os poderosos vilões que já apareceram no decorrer da história.

Existem alguns métodos de fusão que foram abordados ao longo de Dragon Ball. Abaixo, você pode conferir todas elas. Abordaremos mais a fundo as consideradas oficiais, enquanto que citaremos as demais que foram abordadas em trabalhos que não são cânones.

Tipos de fusão oficiais

Fusão de namekuseijins

Muitos se esquecem que além das fusões pela Dança Metamoru e os Brincos de Potara (que já abordaremos), também existe a fusão de namekuseijins, que foi a primeira explorada em Dragon Ball.

Essa habilidade é única entre os namekuseijins e no fundo, se trata mais de uma assimilação do que um fusão, já que um integrante da raça absorve a energia, força, memórias e inteligência do outro.

Os participantes precisam chegar a um acordo sobre qual dos dois é o mais forte para que ele se torne o hospedeiro da fusão. Depois, basta o escolhido colocar sua mão no peito do outro e pronto: a fusão termina com um flash.

Se quiser, o hospedeiro pode se fundir com mais de um namekuseijin.

Esse tipo de fusão apareceu duas vezes em Dragon Ball. Em ambas, Piccolo se fundiu com o guerreiro Nail e com Kami-Sama. Nessas ocasiões, o personagem ficou consideravelmente mais forte.

Dança Metamoru

A Dança Metamoru foi desenvolvida pelos alienígenas da raça Metamoran e que Goku aprendeu quando estava no Outro Mundo. Ela foi introduzida na Saga de Majin Boo.

Como sabemos, elas se trata de uma dança que deve perfeitamente sincronizada entre seus participantes para dar certo. O novo guerreiro se veste com roupas tradicionais dos Metamoran e a fusão dura apenas 30 minutos. Após isso, as duas partes voltam ao normal.

Caso os participantes não a executem com perfeita sincronia, incluindo até mesmo mínimos detalhes (como os dedos indicadores se tocando no momento final), a fusão resulta em guerreiro fraco, longe de ter o mesmo poder da versão normal.

Outro ponto negativo da Dança Metamoru é que apesar do seu limite de tempo, ele pode diminuir se muita energia for usada ou caso a fusão fique muito ferida.

O mangá de Dragon Ball já afirmou que para usar a Dança Metamoru, é preciso ter alguns requerimentos entre seus participantes, como ki semelhante e altura parecida. No entanto, o próprio Akira Toriyama parece ter mudado de ideia e já disse que neste método, as circunstâncias não importam, desde que a dança seja bem executada. O criador da franquia já afirmou que é até mesmo possível envolver mais de duas pessoas.

As duas fusões pela Dança Metamoru mais conhecidas são, sem dúvidas, Gotenks e Gogeta.

Gotenks é a fusão de Goten e Trunks. Ela é extremamente poderosa e conseguiu enfrentar, de igual pra igual, o Super Boo em um determinado momento. No entanto, o guerreiro ficou conhecido por seu jeito rebelde, infantil, provocador e arrogante.

Já Gogeta, como sabemos, é uma das fusões entre Goku e Vegeta. Como ela apareceu primeiramente nos filmes, ela não foi considerada oficial até sua aparição em Dragon Ball Super: Broly, longa que teve a participação de Akira Toriyama.

Brincos de Potara

Por fim, a fusão pelos Brincos de Potara é usada a partir dos brincos homônimos que os Senhores Kaioh costumam usar. A fusão por este método apenas consiste em fazer os participantes colocarem, cada um, um dos brincos e pronto: seus corpos se chocam, resultando na criação do novo guerreiro, que chega e usar até mesmo uma mistura de suas roupas.

Mortais que usam a fusão por esse método possuem um limite de uma hora antes de retornarem ao normal. No entanto, se uma ou as duas partes forem Senhores Kaioh, ela se torna permanente. Ainda assim, existem métodos de dissolvê-la, como em um desejo feito com as Esferas do Dragão.

No entanto, essa fusão de Dragon Ball também possui seus contratempos: além do limite de tempo, da mesma forma que na Dança Metamoru (apesar de durar mais tempo), a fusão não pode diminuir seu poder, o que pode ser fatal; e a fusão entre um ser imortal com outro mortal se torna uma falha com o passar do tempo, o que resulta em um ser roxo e pegajoso.

A fusão pelos Brincos de Potara é mais recorrente em Dragon Ball. No total, cinco novos personagens surgiram a partir dela: Velho Kaiohshin (o próprio Kaiohshin mais novo fundido com uma bruxa velha), Kibitoshin (Supremo Senhor Kaioh fundido com Kibito), Vegito (Goku fundido com Vegeta), Fusão Zamasu (Zamasu do Futuro fundido com Goku Black) e Kefla (Caulifla fundida com Kale).

Outras fusões não oficiais de destaque

EX-Fusão: apareceu no game Dragon Ball Fusions. Foi criada pela Corporação Cápsula, em que os participantes precisam usar uma espécie de bracelete criado pela empresa, mais fazer a Dança Metamoru.

Fusão de Cinco: também abordada em Dragon Ball Fusions e criada pelas Forças Especiais Ginyu. Com o nome entrega, ela envolve até cinco participantes diferentes.

Fusão de Máquinas: abordada em Dragon Ball GT, é usada apenas por máquinas. A fusão mais famosa ocorreu entre as duas versões do Androide 17, o que resultou no surgimento de Super 17.

Ei nerd, não deixe de conferir:


Quer enviar uma lista ou artigo? (Pode até virar vídeo no canal!) Clique aqui!





Fonte do Conteúdo

Anúncios

Comment here